A antecipação de recebíveis e os eventuais descontos indevidos. | Conciflex

Telefone 44 3020-0220

A antecipação de recebíveis e os eventuais descontos indevidos.

 

Imprimir
A antecipação de recebíveis e os eventuais descontos indevidos.

Muitas empresas contratam meios eletrônicos de pagamento a fim de facilitar a vida de seus clientes. As chamadas máquinas de cartões processam pagamentos à vista ou em parcelas. O benefício desse mecanismo está no conforto para os clientes, que não precisam carregar dinheiro em espécie, e, sobretudo, quando se trata de compra parcelada, na antecipação de recebíveis.

Com esse mecanismo é possível creditar os valores recebidos no dia da transação, ainda que a venda tenha sido feita em 20 parcelas. Nesse contexto, parece óbvio que a instituição financeira cobrará para fornecer tal comodidade.

A remuneração da instituição financeira virá em forma de percentual, ou seja, para antecipar à vista, o valor global de uma compra realizada em 20 parcelas, o empresário, sofrerá o desconto de um percentual “x” a título de antecipação.

Muito embora a contratação de meios eletrônicos de pagamentos, e de antecipação de recebíveis seja segura e respeite o empresário no que se refere ao percentual pactuado para antecipações, pode acontecer de os descontos serem maiores do que os que foram contratados, sem que esse fenômeno tenha uma explicação clara.

À crescente possibilidade de que as instituições financeiras descontem valores maiores do que aqueles que foram pactuados, adicione a vida empresarial agitada, que impossibilita o acompanhamento e conferência do valor repassado e o resultado quase sempre será a surpresa, quando se descobre que consideráveis quantias que deveriam ter entrado no caixa da empresa se tornaram lucro para instituições financeiras por meio de descontos indevidos quando da antecipação de recebíveis.

Vale destacar, que os percentuais de desconto de valores como remuneração pela antecipação de recebíveis devem ser previamente contratados e não podem ser alterados sem a anuência inequívoca do contratante. Na prática, é de responsabilidade da instituição financeira a devolução de valores descontados fora do que havia sido pactuado anteriormente.

Assim, se o contrato determina o desconto de 1,5% do valor total para a antecipação, à vista, de uma compra parcelada, e se essa operadora desconta 3.5%, só o Poder Judiciário determinará o reembolso dos valores cobrados à mais.

Imagine que o desconto hipotético descrito acima seja referente a um contrato vigente a dois, três, quatro anos, quanto dinheiro deixou de entrar no caixa da empresa por descontos indevidos.

Se existe uma dúvida quanto aos reais descontos praticados pela instituição financeira, uma perícia nos extratos da conta bancária da empresa que contrata os serviços de antecipação de recebíveis vai revelar se há ou não irregularidades, e se houver, em quanto está o prejuízo.

Fique atento! Exija cópia do contrato, faça contas e certifique-se da correção do percentual aplicado para antecipação de recebíveis de cada compra.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a nossa equipe.

Fonte: Conciflex .

 

Veja outros Posts